Vitória e Bahia empatam em último clássico do ano em 2 a 2


Na próxima rodada, o Bahia enfrenta o Ceará, na Fonte Nova, quarta-feira (14). Já o Vitória, também na quarta, disputa com o Sport, na casa do adversário.

O clássivo entre Vitória e Bahia, que aconteceu hoje (11) no Barradão, acabou com empate em 2×2. Aos sete minutos do primeiro tempo, Léo Ceará abriu o placar para o Vitória, mas o tricolor conseguiu empatar aos 38 com gol de Nilton, o primeiro dele pela equipe. Ceará, no entanto, colocou a equipe na frente aos 21 do segundo tempo. A felicidade não durou muito, pois, quatro minutos depois, Ramirei deixou tudo igual.

O primeiro gol aconteceu após cobrança de escanteio de Benítez. Ceará, quase da pequena área, cabeceiou e jogo a bola no fundo das redes do goleiro Douglas. Antes de marcar, logo com a saída de jogo, Léo Ceará foi penalizado com um cartão amarelo.

Ao tentar parar ataque do Vitória, aos 17 da primeira etrapa, o voltante George, do Bahia, levou também um cartão amarelo.

Já o gol do Bahia aconteceu aos 37 minutos da primeira parte do jogo. O volante balançou as redes após jogada de Ramires, que colocou a bola no meio da defesa da equipe adversária. Sem marcação, Nilton marcou de cabeça.

O Vitória tomou a dianteira da partida, novamente, com Ceará, que aproveitou vacilo de Douglas Grolli e marcou. A vantagem, porém, não durou muito. Oportunista, Ramires aproveitou o erro de Ronaldo na saída de bola e empurrou para o gol, que estava vazio.

Ainda na primeira etapa, o clube tricolor teve dificuldade para sair para o jogo. Com isso, usou e abusão dos chutões. O vitória, por sua vez, explorou muito a letaral esquerda.

Apesar da deficiência no lado esquerda, o professor do Bahia, Enderson Moreira, aos 25 minutos, escolheu trocar o operador do lado direito. Saiu Nino Paraíba e entrou Bruno.

2ª etapa – A segunda metade começou com chance de gol para o Bahia. A equipe voltou dos vestiários e, em erro da defesa do Vitória, a bola foi parar nos pés de Léo. O lateral chutou com força, mas a bola desviou em Ramon e quase entrou na meta defendida por Ronaldo.

Poucos minutos depois, Erick, do Vitória, driblou Zé Rafal e quase desempatou para os donos da casa. A felicidade só não foi maior, pois, minutos depois, o Bahia carimbou a trave com uma finalização de Júnior Brumado.

Técnico do rubro-negro, João Burse trocou de atacante aos 14 minutos: tirou Erick e colocou o experiente Neilton. A mudança na parte ofensiva foi acompanhada pelo Bahia, que tirou Junior Brumado e colocou Edigar Junio. Brumado, antes de deixar as quatro linhas, levou um amarelo por retardar a saída.

Na última etapa, Burse fez as duas últimas modificações que tinha direito na equipe: tirou o lateral Benítez, que tinha um amarelo, e colocou Fabiano. Mudou também Arouca e colocou Yago.

No final do jogo, um choque entre Douglas Grolli e Léo chamou atenção. O zagueiro do Bahia, Grolli, foi penalizado com um cartão amarelo. Após o fim da partida, o Vitória foi vaiado. O clube segue na zona de rebaixamento para a série B. Já o tricolor, subiu para a 10ª posição ao somar 41 pontos.

O público total do último clássico do ano foi de 21.714 pessoas. Destes, 15.016 pagantes. O borderô registrou ainda 1.810 sócios corporativos e 4.888 pessoas pelo Sou Mais Vitória. A renda total do jogo foi de R$ 190,868,00.

Na próxima rodada, o Bahia enfrenta o Ceará, na Fonte Nova, quarta-feira (14). Já o Vitória, também na quarta, disputa com o Sport, em um clássico regional, na casa do adversário. Os jogos começam, respectivamente, às 20h e 20h45.

Fonte: Metro1

Siga o nosso portal pauta livre nas redes sociais: Maryluzia Costa
You tube: Maryluzia Costa
Whatsapp Pauta Livre : 75 9.8234-4592
Diretor Adm – Márcio Gomes
E-mail: [email protected]
Contato : 75 9.9995-9194
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Contato Whatsapp : 71 9.8807-1571
Direção Geral : Ailton Borges
PAUTA LIVRE METRÓPOLE – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.