Mostra propõe novo olhar sobre a valorização e fortalecimento do SUS em Lauro de Freitas


Uma tenda repleta de artesanato, plantas medicinais, alimentos tradicionais da cultura regional e cuidados corporais chamava a atenção de quem passava pela Praça Martiniano Maia, no Centro de Lauro de Freitas, na tarde desta terça-feira (8). O lugar foi palco para a celebração da primeira Mostra EdPopSUS, que durante três meses capacitou agentes comunitários de saúde e de endemias da Prefeitura de Lauro de Freitas (PMLF), integrantes de movimentos sociais e outros profissionais no processo de construção do conhecimento de estratégias da Política Nacional Educação Popular em Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (PNEPS-SUS).

O evento abordou as vivências, compartilhamentos e construções coletivas propostas ao longo do Curso de Aperfeiçoamento em Educação Popular em Saúde. Segundo a coordenadora do Núcleo de Educação Permanente em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SESA), Suzi Belmon, a iniciativa, desenvolvida pela PMLF em parceria com o governo estadual e a Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), formou 35 participantes. Destes, dois técnicos serão multiplicadores de conhecimento em Lauro de Freitas.

“O EdPopSUS tem o objetivo de implantar as abordagens do PNEP-SUS, na qualificação dos profissionais e as lideranças que exercem seus trabalhos em localidades cobertos pela atenção básica do SUS, promovendo práticas educativas, de mobilização social, promoção da saúde e promoção da equidade”, disse.

Uma das iniciativas do EdPopSUS, por meio dos seus cursos, é construir possibilidades de apropriação coletiva e individual das bases político-pedagógicas. Suzi explica que as formas coloridas expostas na tenda servem de atrativo e ajudam a trazer humanização ao atendimento em saúde. “Essa é uma política nacional que busca fortalecer a saúde e a cultura através dos ensinamentos da sabedoria popular na utilização de plantas medicinais, parteiras, benzedeiras”, explicou ela ao lado da coordenadora estadual do programa, Jocélia Fonseca da Silva, que esteve presente durante toda a programação e contribuiu com os debates.

Jocélia destacou a importância de atividades como essas na construção de políticas públicas de saúde inclusivas e de sucesso. “Isso é EdpopSUS, essa partilha e entrelaçar de ideias e vivências. Uma maneira diferenciada de fazer saúde, onde gestores, trabalhadores, profissionais da saúde, movimentos sociais e o controle social, unidos, podem fazer diferente”, destacou a coordenadora.

Fonte: ASCOM / Lauro de Freitas

Siga o nosso portal pauta livre nas redes sociais: Maryluzia Costa
You tube: Maryluzia Costa
Whatsapp Pauta Livre : 75 9.8234-4592
Diretor Adm – Márcio Gomes
E-mail: [email protected]
Contato : 75 9.9995-9194
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Contato Whatsapp : 71 9.8807-1571
Direção Geral : Ailton Borges
PAUTA LIVRE METRÓPOLE – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.