Brasil perde oportunidades e não sai do empate com a Venezuela em Salvador


Na noite desta terça-feira (18), Brasil e Venezuela se enfrentaram pela segunda rodada do Grupo A da Copa América, na Fonte Nova, em Salvador. Sem conseguir impor um futebol eficiente, a seleção brasileira foi vaiada pelas 39 mil pessoas que estiveram presentes na partida.

Com o resultado, o Brasil segue na ponta do grupo com quatro pontos e decide a classificação no próximo sábado (22), contra a seleção do Peru, na Arena Corinthians, em São Paulo.

PRIMEIRO TEMPO

A seleção brasileira começou indo para cima. No primeiro minuto, a bola cruzou a área venezuelana com muito perigo. Aos oito, após boa troca de passes no campo de ataque, David Neres recebeu com liberdade e bateu cruzado, assustando a defesa adversária. No minuto seguinte o Brasil chegou de novo. Após linda jogada de Daniel Alves, Firmino cabeceou  com muito perigo.

A seleção não parou de criar oportunidades. Aos 15 minutos, após bela jogada de Arthur, David Neres recebeu com muito espaço e chutou para fora. No lance seguinte, Richarlison invadiu a área e finalizou para a boa defesa do goleiro venezuelano.

Aos 18 minutos, a Venezuela assustou pela primeira vez. Após cruzamento, o atacante Rondón finalizou de cabeça e a bola passou muito perto do goleiro Alisson. A seleção brasileira buscava espaço, porém, não conseguia chegar na meta venezuelana.

A primeira etapa terminou com uma partida muito equilibrada. Apesar da busca pelo domínio da seleção brasileira, a Venezuela não abriu mão do jogo ofensivo e também chegou com perigo. Brasil 0x0 Venezuela.

SEGUNDO TEMPO

Na segunda etapa, a seleção venezuelana começou com uma marcação ainda mais apertada. Com trocas rápidas de passes, o Brasil tentava chegar com perigo, mas não tinha sucesso. Aos oito minutos, após confusão na entrada da área venezuelana, Firmino tentou o chute e a bola foi para fora.

Depois de muitas tentativas, o  Brasil até chegou ao gol com Gabriel Jesus, no entanto, a arbitragem conferiu árbitro de vídeo e assinalou impedimento. Aos 23 minutos, após troca de passes, Arthur tentou de fora da área e encobriu o gol adversário.

Aos 30 minutos, o Brasil quase chegou ao primeiro. Após cruzamento, Gabriel Jesus tentou empurrar de letra e a bola ficou nas mãos do goleiro. Perto do final da partida, a seleção encontrou o gol. Depois de grande jogada de Everton, Coutinho recebeu com liberdade e empurrou para o fundo das redes, porém, o juiz consultou o VAR novamente e viu que o gol foi irregular. O empate persistiu.

Aos 47 minutos, após grande jogada de Filipe Luis, a bola passou pela frente do gol venezuelano e foi para a linha de fundo.No último minuto, o Brasil teve a grande chance. Após cobrança de escanteio, Fernandinho escorou de cabeça e a bola tirou tinta da trave adversária. Fim de papo em Salvador! Brasil 0x0 Venezuela.

FICHA TÉCNICA

Brasil x Venezuela – (2ª rodada da fase de grupos da Copa América)

Data: 18 de junho (terça-feira)
Local: Arena Fonte Nova (Salvador)
Árbitro: Julio Bascuñan (CHI)
Assistentes: Christian Schiemann e Claudio Rios (ambos do CHI)
Árbitro de vídeo: Roberto Tobar (CHI)
Cartões Amarelos:Casemiro (Brasil); Figuera e Murillo (Venezuela)

BRASIL: 

Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro (Fernandinho), Arthur e Philippe Coutinho; David Neres (Everton), Richarlison (Gabriel Jesus) e Roberto Firmino. Técnico: Tite

VENEZUELA: 

Fariñez; Rosales, Osório, Villanueva e Hernández; Moreno, Herrera (Soteldo) e Rincón; Machís (Figuera), Rondón (Martínez) e Murillo. Técnico: Rafael Dudamel

Fonte: BNews