19 BC inicia comemorações pelo Centenário em 2020


 

O 19° Batalhão de Caçadores da Policia Militar na Bahia, ou como é mais conhecido : o 19 BC inicia programação pela comemoração dos 100 de existência.
Segundo o coronel Cruz Neto, uma série de atividades já foram iniciadas e seguem até o dia 16 de janeiro de 2020 quando se completa 100 anos de funcionamento. Os editais para participar dos concursos de Fotografia, Redação, Pintura em Tela e produção de Artigo Científico já estão disponíveis no site: http://www.19bc.eb.mil.br . As homenagens previstas devem relembrar personagens importantes da história da Bahia como: Maria Quitéria, Duque de Caxias e Coronel Argolo que disse a frase hoje lema do Batalhão: “Se for possível, está feito, se for impossível será feito”.

O 19º Batalhão de Caçadores (19º BC) – Batalhão Pirajá foi criado em 16 de janeiro de 1920. As raízes da formação da unidade confundem-se com as primeiras tropas surgidas em solo brasileiro. A história do batalhão está diretamente atrelada à constituição do Terço da Bahia, tropa criada em 1642, cuja missão era guarnecer as fortalezas que protegiam Salvador, então capital da colônia portuguesa.

Organizados, inicialmente, com a finalidade de defender a capital da colônia, os ancestrais do 19º BC, ao longo de quatro séculos de história, atuaram em inúmeras operações em favor da soberania e da integridade do território nacional.

Nesse contexto, destacam-se três importantes participações na História Nacional dos elementos ancestrais do 19º BC: Guerra da Independência do Brasil na Bahia ( 2 de Julho), Guerra da Tríplice Aliança contra o Paraguai e Campanha de Canudos.

Nesta fase, foi memorável o desempenho dos seguintes oficiais:

1) Cadete Maria Quitéria de Jesus. A vida da heroína nacional acha-se ligada ao Batalhão Pirajá por inúmeros e estreitos laços. O “Batalhão dos Periquitos” onde ela brilhou, através de várias transformações, chegou até o atual “Batalhão Pirajá”.

2) Marechal Alexandre Gomes de Argolo Ferrão Filho – Visconde de Itaparica – Patrono do Batalhão Pirajá. Aclamado como o maior soldado baiano de todos os tempos, o Marechal Argolo foi o realizador da decisiva manobra desbordante pelo chaco Paraguaio. Ocasião em que proferiu a célebre frase estampada no lema do batalhão: “Se for possível está feito, se for impossível vamos fazê-lo”.

3) Duque de Caxias. O Patrono do Exército Brasileiro teve seu batismo de fogo, em 3 de maio de 1823, nas lutas travadas na Bahia em prol da consolidação da independência do país, lutando ao lado de unidades que vieram a se transformar no 19º Batalhão de Caçadores.

 

Siga o nosso portal pauta livre nas redes sociais: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Whatsapp Pauta Livre : 75 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Contato Whatsapp : 71 9.8807-1571
Diretor Adm – Márcio Gomes
E-mail: [email protected]
Contato : 75 9.9995-9194
Direção Geral : Ailton Borges
PAUTA LIVRE METRÓPOLE – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.